quinta-feira, 10 de março de 2011

A Casa dos Espíritos de Isabel Allende


Uma história do século passado, no Chile. Durante o século XX conhecemos a história da família Trueba, uma família de mulheres fortes, que acompanham as mudanças de seu país, enquantos suas próprias vidas vão mudando. 

Clara del Valle é uma menina de coração puro e hipersensível. Desde cedo ela mostrou ser uma criança especial por ter habilidades telepáticas: ela pode mover objetos como se eles tivessem vida, prever o futuro e ler a sorte.

Após a morte repentina e misteriosa de sua belíssima irmã Rosa, Clara leva nove anos em total mutismo. Ao quebrar o silêncio informa que se casará em breve.

O marido, Esteban Trueba, é um homem severo e obstinado, dado a acessos de raiva e assombrado por uma solidão profunda. Ele foi noivo de Rosa e sua morte o abalou profundamente.

Clara previu que eles se casariam. Esteban volta a sua cidade para ver a mãe moribunda e procurar uma esposa. Passará a nutrir uma paixão por Clara que durará por toda a sua vida.

E assim começa a saga da família Trueba, ao longo de quase um século, onde  a autora Isabel Allende narra a trajetória de diversos personagens, seus amores, suas relações, suas lutas e ambições, suas personalidades e suas relações espirituais. Um clan formado de mulheres fortes e determinadas: primeiro em seu esplendor, para em seguida mostrar os anos atribulados e de decadência.


Isabel Allende
Isabel Allende nasceu em 02 de Agosto de 1942, em Lima, mas foi criada no Chile. Jornalista e escritora, atualmente vive nos Estados Unidos. Sua literatura é classificada como "realismo fantástico". Seu pai, Tomás Allende, era primo do ex-presidente chileno Salvador Allende e é comum ler nos livros de Isabel a situação de seu país nos conturbados anos 70.