terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Um Estudo em Vermelho de Sherlock Holmes


Dr. Watson conhece o enigmático Sherlock Holmes e juntos vão dividir uma casa na Baker Street, 221B (http://migre.me/84uCg), em Londres. Um tipo estranho que intriga o doutor que acabou de chegar da guerra do Afeganistão. É assim que começa a amizade da dupla Holmes e Dr. Watson. 

O médico começa a conhecer o brilhantismo e excentricidade do detetive nesta aventura, quando Sherlock é convidado a desvendar o mistério que envolve a morte de um homem nos Jardins Lauriston.

Enquanto a Scotland Yard parece não saber o rumo que as investigações devem seguir, o famoso detetive, com seus métodos peculiares, vai elucidando o crime até chegar ao assassino. E o Dr. Watson, que o acompanha neste trajetória, vai nos contando toda a história.

Arthur Conan Doyle
Arthur Conan Doyle nasceu em 22 de maio de 1859, em Edimburgo, Escócia e morreu em 07 de Julho de 1930. Era filho de um artista irlandes alcoólatra, que trabalhava como funcionário público. Doyle estudou medicina na Universidade de Edimburgo e formou-se médico. Sherlock Holmes é inspirado em um de seus professores: Joseph Bell. Ele gostava de estudar sobre o espiritismo e muitos anos depois ele se converte definitivamente, o que acabaria afetando a credibilidade de sua obra.

Montou em determinada época seu próprio consultório e enquanto esperava por pacientes escrevia contos para matar o tempo. Um Estudo em Vermelho que nos apresenta o maior detetive de todos os tempos foi publicado em 1886. Foi casado duas vezes e teve quatro filhos.