quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Cobras e Piercings - Hitomi Kanehara


- Já ouviu falar em split tongue?

Ao começar a ler o livro escrito pela jovem japonesa Hitomi Kanehara tive a sensação de que estava prestes a  entrar no submundo de Tokyo. Mas Liu, a personagem principal, me levou por um outro caminho.

Em Tokyo, Liu conhece Ama, em um clube noturno. Ele tem uma aparência estranha, que chama a atenção com seus piercings e tatuagens. Liu fica fascinada por sua split tongue e resolve que quer uma também. E desde então Liu e Ama ficam juntos, simples assim, sem muitas perguntas. 

E através de Ama, Liu conhece Shiba, que tem um estúdio de tatuagem e coloca seu piercing lingual. Shiba também tem uma aparência pouco convencional. De cara, rola uma atração entre os dois. Uma energia masoquista flui entre eles, que acabam virando amantes ocasionais. Com Ama, Liu tem uma relação tranquila e pacata e com Shiba uma relação mais intensa. 

Este triangulo se ama de formas diferentes e Liu nos conduz através dele baseada em suas percepções e sentimentos. É ela quem nos conta esta história marcante, cheia de suspense e mistério.


Hitomi Kanehara
Hitomi Kanehara nasceu em Tokyo em 1983. Seu interesse pela literatura nasceu em São Francisco quando morou ali com a família. Parou de estudar aos 12 anos e aos 15 saiu de casa. Mandava seus escritos ao pai, professor de literatura e tradutor. Cobras e Piercings foi publicado quando ela tinha 19 anos.