sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Do que eu falo quando eu falo de corrida de Haruki Murakami


Do que eu falo quando eu falo de corrida é um livro inspirador. O autor, um japonês, corredor amador, romancista e tradutor, narra suas corridas. Não de um jeito técnico, mas da forma como o esporte interfere em sua vida pessoal, seus pensamentos, sua forma de viver, seu trabalho. De como ele vence os obstáculos e de como vai se readaptando a todas as coisas de sua vida a medida que vai envelhecendo.

Durante seus treinos e provas ele nos conta o que vê ao seu redor e vamos conhecendo algumas das cidades que ele passa. Em muitos momentos do livro podemos nos reconhecer em suas emoções e por isso o livro é tão tocante. A dor e a delícia de ser um desportista amador e a poesia típica da individualidade da história de cada pessoa.

Nos diz Murakami em determinado momento: "Uma a uma, enfrento as tarefas diante de mim e as termino do melhor jeito que posso. Concentrando-me sempre na passada seguinte, mas ao mesmo tempo adotando uma visão de longo alcance, esquadrinhando o cenário o mais longe possível.".

Quem corre vai adorar porque em muitos momentos os corredores vão identificar-se com o que o autor relata. Quem não corre irá amar porque o livro é um relato de vida simples e objetivo, de um homem e suas experiências.
Haruki Murakami
Haruki Murakami nasceu em Kyoto, no Japão, em Janeiro de 1949. Cresceu em Kobe e se graduou na Universidade Waseda em Tokyo. Viveu por 4 anos nos Estados Unidos, onde deu aula em Princeton.